Módulo: Monitoramento

Tags: risco, bacia hidrográfica, território, monitoramento

Vivemos na área de uma bacia hidrográfica. Os rios são essenciais à vida.Por isso é importante saber de onde eles vêm, para onde vão, como são utilizados e como influem na transformação do território. A Política Nacional de Proteção e Defesa Civil (Lei nº 12.608/2012) prevê a adoção da bacia hidrográfica como unidade de análise das ações de prevenção de desastres relacionados a corpos d’água. A bacia hidrográfica constitui uma importante unidade territorial para planejamento e execução de atividades socioeconômicas, ambientais e educacionais. Por isso, é fundamental pensarmos onde nos localizamos dentro da bacia e como a ocupação humana interfere na região. É por ela que os municípios devem pensar, decidir e organizar toda a área que recebe as águas do rio principal e seus afluentes. A partir de seu conhecimento pode-se evitar desequilíbrios no ambiente, reduzir os riscos de desastres e melhorar a qualidade de vida de todos e todas. Para o reconhecimento da área da sua bacia hidrográfica e dos riscos socioambientais relacionados, o conjunto de atividades propostas combina pesquisa, trabalho de campo, produção de mapa temático e de maquete.

  • Porque a bacia hidrográfica é um território importante? Onde a escola se localiza no município e na bacia hidrográfica? Qual a relação entre a bacia onde se situa a escola e a macro-bacia hidrográfica de sua região no Brasil?
  • Como as intervenções humanas em pontos da bacia impactam e mudam a totalidade da região? Há riscos de desastres de origem hidrometeorológica (hidro = água, meteoro = relativo ao céu, logia = estudo) na bacia hidrográfica do município? Onde estão? Como são tratadas as áreas de entorno dos cursos d’ água?
  • Reconhecer a bacia hidrográfica como unidade territorial de planejamento e apropriada para execução de atividades sociais, econômicas, ambientais, educativas e culturais;
  • Observar e localizar eventos e situações de risco de desastres socioambientais na área de abrangênciada (s) bacia (s) hidrográfica (s) do município.

Geografia: Localização espacial. Coordenadas geográficas.Relevo. Hidrografia. Evolução e transformação da paisagem e da região(aspectos físicos, ambientais, sociais e culturais). Escalas de analise. Representação cartográfica.

Artes: Representação do ambiente (ilustrações, fotos, vídeos, animações, cartogramas, maquetes).

Biologia: Ciclos da água e biogeoquímicos. Características básicas dos ecossistemas da bacia. Biodiversidade. Intervenções humanas. Estados de conservação e impactos ambientais.

Língua Poruguesa: Produção de texto. Interpretação de dados gráficos. Representação gráfica.

Matemática / Geometria: Ajuste de escalas cartográficas. Representação gráfica. Teoria dos conjuntos.

História: Evolução e transformação da bacia hidrográfica a partir da intervenção humana na região (produção econômica, história, sociedade e cultura).

Física: Movimentos de massa (caracterização, estimativas e interações). Fontes de energia. Representação gráfica.

Química: Transformação química na natureza (mineração e extrativismo). Água (mudanças de propriedades químicas, poluição e processos de tratamento).

  • Internet para baixar arquivos e acessar programas de visualização geoespacial (Google Earth, etc.), mapas e cartas das áreas de riscos da região, fichas e caderno de campo, câmeras fotográficas, e materiais para a produção da maquete.
  • Tempo estimado para realização: 1 trimestre;
  • Atividade sem periodicidade de coleta e resultados;
  • Depende de definições de turmas de alunos;

 

Divulgação dos resultados mais significativos:

  • Relatório do estudo do meio.
  • Mapa sintese com localização da escola na bacia hidrográfica, e com os caminhos da água, e com intervenções humanas e áreas de risco de desastres.
  • Relatório fotográfico (de 2 a 5 páginas) ou um vídeo editado (de 3 a 5 minutos) com o registro dos resultados ao longo do desenvolvimento das atividades, hospedado no youtube, com link para visualização. 
  • Foto da maquete mais representativa da turma.
Este conjunto de atividades visa promover o mapeamento da área onde está localizada a escola, tendo como base a bacia hidrográfica, e além de auxiliar na identificação e espacialização das formas de uso e ocupação do solo, e dos riscos socioambientais incidentes na área. A bacia hidrográfica é uma área drenada por águas (da chuva e de variados cursos d’água) com um rio principal. O nome bacia se refere a uma região delimitada por montanhas e serras, em cujo interior se forma um caminho por onde a água corre até os pontos mais baixos, ou a foz do rio principal. O Brasil divide seu território em cerca de 70 grandes sub-bacias, de acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA), onde cada uma é composta de outras bacias menores.
 

Sugestão do que pode ser avaliado nas atividades. No entanto cada professor deverá utilizar seus critérios e procedimentos próprios.

  • Avaliar a interpretação da representação do espaço tridimensional (maquete) em bases cartográficas bidimensionais (mapas e imagens) e incluindo a observação local (trabalho de campo).
  • Identificar a associação dos impactos ambientais decorrentes de atividades socioeconômicas, considerando e representando diferentes interesses, contraditórios.
  • Identificar a compreensão a cerca das implicações sociais, ambientais e/ou econômicas na produção ou no consumo de recursos energéticos ou minerais, identificando transformações que podem tornar áreas da bacia hidrográfica vulneráveis a desastres.

Proposta de atividade: Dra. Rachel Trajber, Dra. Ana Gabriela Araújo.

Coordenação: Dra. Rachel Trajber, pesquisadora e coordenadora do Cemaden Educação.

Colaboradores Cemaden: Claudia Linhares, Graziela Scofield, Leonardo Bacelar Santos, Victor Marchezini.

Colaboradores Externos:

  • EEEFM Paulo Virgínio - Cunha/SP;
  • Professores: Ana Maria de Oliveira, Maria Auxiliadora de Almeida, João Gonçalves dos Reis e Dalva Aparecida de Deus Moura;
  • Estudantes: Talia de Fátima Moreira Justino, Thiago Gentil Sampaio Fraga Coordenação Pedagógica: Shirley Monteiro;

Vivemos na área de uma bacia hidrográfica, entre as 12 grandes bacias de drenagem do território brasileiro, e vamos saber onde nos localizamos. Pesquise no mapa, qual macro bacia hidrográfica abrange seu município.

i. Viaje nesse mapa e escreva um parágrafo mostrando de onde vem a água (a nascente do rio principal) e para onde vai (a foz).

ii. Descreva quais são os caminhos d’água até chegar nos rios que passam por seu município. Você pode utilizar marcos político-administrativo (cidades, estados ou países) para facilitar a descrição sabendo, contudo, que a bacia hidrográfica não obedece essas divisões ou fronteiras.

iii. Compartilhe seu texto com a turma.

 

i. Observe as (s) bacias (s) hidrográficas (s) que abrangem a área de seu município. Em um parágrafo descreva as seguintes informações:

  • Como está (ão) espacializada (s) a (s) bacia (s) hidrográfica (s) no seu município?
  • E a sua casa?

Pesquise no site do Comitê de Bacias Hidrográficas da sua região. Lá você vai encontrar várias informações e mapas sobre o tema. Compartilhe essas respostas com a turma e, em um mapa, mostrem as águas que formam o território da classe.