Diálogo e Cartografia Social: Escolas no Reino Unido e no Brasil analisam riscos e vulnerabilidades às mudanças climáticas

25/02/2019 16:47:36

Tags:


Créditos:Claudinei Camargo

Pesquisadoras e educadoras do Instituto de Consumo Sustentável da Universidade de Manchester, da Rede de Educação Ambiental de Manchester e do projeto Cemaden Educação  do Centro Nacional de  Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, formaram uma parceria para promover o intercâmbio de três escolas: a School of Manchester - Reino Unido, e a Escola Estadual Irma Ilza M. Coppio de São José dos Campos –São Paulo, a Escola Estadual Raimundo Nonato de Santarém – Pará – Brasil, sobre os riscos e mudanças climáticas.

A pergunta central é: Quais são os principais riscos e vulnerabilidades socioambientais em nossas comunidades e como as mudanças climáticas podem modificar a situação?  A partir dela, grupos  de estudantes de cada escola, orientandos por seu professor, realizaram pesquisas sobre o lugar onde vivem, sobre seus riscos e vulnerabilidades, utilizando trabalho de campo e cartografia social.

 

As escolas estão trabalhando neste projeto desde meados de fevereiro de 2018. E já participaram de três interações on line (videoconferência).

28/02 - com o tema Nossa escola e comunidade 

 

21/03-Nossa cartografia social de riscos 

22/03 - Dia da Água - Conferência Intergeracional da School of Manchester.

Para saber mais:

http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/link-vanguarda/videos/t/edicoes/v/alunos-da-rede-publica-estudam-areas-de-risco-em-sao-jose/7477616/?fbclid=IwAR3YUoXPxfi2xoJvN22Z6_OUhIwN4eYmeAfcxanoDjVlTm3qRqN0sjxxNaA