Ciência Cidadã para comunidades tradicionais na adaptação as Mudanças Climáticas

26/08/2021 10:39:46

Tags:


Créditos:Allan Yu Iwama

O projeto CoAdapta | Litoral, parceiro do Cemaden Educação desde 2017,  ganhou novo apoio através de sua participação em um workshop internacional chamado “Empowering Traditional Communities in the Brazilian Coastal Zone to Adapt to the Climate Crisis”, realizado nos meses de maio e junho de 2021 com jovens pesquisadores do Brasil e Reino Unido. O workshop foi organizado pela UFAL – Universidade de Alagoas em parceria com as universidades Exeter e Manchester do Reino Unido e Instituto Ayni, além de contar com apoio de diversos outros segmentos.

A partir da interação com uma equipe de profissionais de várias formações e experiências, foi apresentado um novo projeto chamado “Ciência cidadã para comunidades tradicionais do litoral na adaptação às mudanças climáticas: construindo uma rede brasileira de observação”, que aproveita o aprendizado e conexões já realizados no CoAdapta | Litoral com comunidades caiçaras do Ubatumirim (Ubatuba-SP), morro do Algodão (Caraguatatuba-SP) e quilombolas do Quilombo do Campinho (Paraty-RJ).

A nova proposta busca ampliar a escala de abrangência, usando as conexões locais entre universidades e comunidades tradicionais, para coletar observações locais sobre impactos e adaptações às mudanças climáticas na costa brasileira.

A iniciativa tem um caráter de projeto piloto de 6 meses apoiado pela British Council no Reino Unido, e inicialmente 7 comunidades tradicionais e locais – comunidades pesqueiras e quilombolas – estarão envolvidas com essa abordagem de uma ciência cidadã participativa. Ver mapa das comunidades aqui.  

O projeto tem apoio do Cemaden-Educação, projeto LICCI – Indicadores Locais sobre Impactos de Mudanças Climáticas, Rede Educação para Redução de Riscos de Desastres - REDE ERRDLN, Fórum de comunidades Tradicionais de Angra dos Reis, Paraty e Ubatuba, Laboratório de Ecologia de Manguezal (LAMA), Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares em Gestão, Saúde e Educação Ambiental - CNPq/UFS, Laboratorio Ciencia Ciudadana de Universidad de Los Lagos, Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Universidade do Sul de Santa Catarina (PPGCA/UniSul), além de universidades federais – UFPA, UFPB, UFS, UFAM, UFAL, UFBA –, universidade como UNISUL e Mackenzie, e institutos de pesquisa (INPE) vinculadas a iniciativa.

Para mais informações, acesse: https://institutoayni.org/cienciacidada/

Texto: Allan Yu Iwama